sábado, 2 de abril de 2016

Dossier Banif - Explicar 27 Anos de Banif





1987Caixa Económica do Funchal
§      -Instituição financeira com maior número de balcões na Madeira;
§      -Passivo de 7 milhões de contos;

15 Janeiro de 1988Banco Internacional do Funchal, S.A.
§    -Falida a Caixa Económica do Funchal;
§    -Horácio Roque, Joe Berardo e mais investidores, formam o Banif (que junta a Económica do Funchal);
§   - Horácio Roque é quem fica com maior participação no capital do Banco;

1994 Plano
-   -Abrir novos balcões no continente;
§   -Lisboa abre o seu primeiro balcão;

1996 Banif compra o Banco Comercial dos Açores + Companhia de Seguros Açoreana


2010 - Direcção da Holding Rentipar
§      -Holding Rentipar detentora da maioria do capital do Banco;
§     -Horácio Roque morre;
§     -Teresa Roque, filha, toma o lugar de direcção do pai;
§     -Joaquim Marques Mendonça passa a ser CEO (2010-2012) do Banif;
§      -28 de Junho de 2010: Caixa Geral de Depósito anuncia compra de 70% da Banif Correctora,57, 8 milhões de euros;
        - Banif forma uma operação cruzada com o BES 1;

2012 Recessão Económica agrava-se (TROIKA)
§         -Equipa de Gestão muda: Jorge Tomé, CEO (2012-2015);
     -Luís Amado, Chairman Banif
§      -Caixa Geral de Depósitos compra os restantes 30% da Banif Corretora – 80 milhões de euros – detém a 100% a Banif Corretora;

2013 Comissão de Mercado de Valores Imobiliários, do gabinete do Ministro Vítor Gaspar, o governo anuncia a injecção de 1.100 milhões de euros.
§          -Janeiro de 2013 - Destes 1.100 milhões de euros, 400 milhões de euros em CoCo´s (títulos da dívida que em caso de incumprimento por parte do Banif, se podem converter em capital, acções) e 700 milhões de euros em Acções Especiais;
§   -Bruxelas dá luz verde provisória à ajuda estatal, acima referida;
§   -Abril 2013 e Outubro de 2014 – Equipa de Jorge Tomé manda 8 planos de reestruturação para a Direcção Geral da Concorrência Europeia (DGCom) e nenhum foi aceite;

2014 – “Empurrando com a barriga”
§      -Plano de Recapitalização do Estado (1.100 milhões de euros) – previa um aumento de capital por investidores privados de 450 milhões de euros - Concluído até Junho de 2014;
§  -Planos de Reestruturação chumbados (Equipa de Jorge Tomé) – até Outubro de 2014;
§  -António Varela, Administrador do Banco de Portugal, Administrador não executivo do Banif, representando o Estado, entre Jan. 2013 e Set. 2014, não realizou nenhum procedimento ou alerta do Estado do Banco;
§   -Comissão Europeia continua a realizar vários alertas, dirigidos para o Banco de Portugal e o Governo (PSD/CDS), mantendo-se a “conspiração de silêncios”
§  -31 Maio – PwC auditora começa a fiscalização do Banif;
    -Outubro – alerta o BdP para Riscos do Banif – Maria Luís Albuquerque mantém a “inércia”;


2015 Venda do Banco
§         -24 de Julho de 2015 – Comissão Europeia lança investigação profunda para averiguar a ajuda estatal;
§   -Banco em 2012 – 2015 – Fez uma reestruturação, fechando 60% das agências, tendo perdido 400 milhões de euros em depósitos;
§    -Jorge Tomé afirma numa entrevista que o banco detinha “uma exploração altamente deficitária”, “problemas de liquidez”, “rácio capital muito abaixo dos mínimos”;
§    -Maria Luís Albuquerque numa entrevista diz que “nenhum dos interessados (no Banif) apresentava uma proposta de venda”;
§   -Com a resolução destes perderam-se 120 milhões de euros, que penalizou em larga escala o rácio do capital do Banco;
     -Bruxelas lança um prazo de Resolução – até 20 de Dezembro;
§    -13 de Dezembro - TVI lança noticia sobre resolução do banco – houve corrida aos depósitos em mil milhões de euros em 5 dias;
§    -20 Dezembro 2015 – Banif é vendido ao Santader Totta por 150 milhões de euros;


                
Dossier Joana Correia Pires